Facebook

contador gratuito de visitas

23 de maio de 2018

SANGRO E ESCONDO O QUE SINTO, POIS É SEGREDO


Tenho uma tristeza
em mim e ela tem nome, mas é segredo,
e nunca vou esquecer o que um
dia me fez tão feliz e hoje
me entristece...

Tenho uma dor
em mim e ela tem nome, mas é segredo,
e nunca vou conseguir curar esta
ferida que fere minha alma...

Tenho uma dor
em mim e ela tem nome, mas é segredo,
mas é devido a amor de bequerença, um amor outonal,
amor que se perdeu em algum lugar,
porque se desviou do
caminho...

Tenho a poesia
em mim, na minha veia, com ela eu experimento a
''dor da parturiente'' e sangro e escondo o
que sinto, pois é segredo...

Nenhum comentário:

Postar um comentário