Facebook

contador gratuito de visitas

9 de maio de 2018

EU TAMBÉM NÃO SEI LIDAR COM PERDAS


Todos temos nossos medos,
às vezes só mudam as formas como eles
cresceram dentro de nós.

Confesso que também eu
não sei lidar com a perda, dói-me muito, chega
a dilacerar-me por inteiro.

Tenho tentado, (talvez em vão),
minimizar os meus pontos fracos que levam
a deparar-me com perdas
catastróficas.

O tempo e algumas experiências
recentes têm me mostrado a fragilidade com que
nos deparamos nos relacionamentos
do dia-a-dia.

É difícil, mas não impossível,
___ disciplinar,
___ coibir,
___ tolher,
___ domar a id,
que nos leva a tantos deslizes.

Tenho aprendido,
de forma filosófica, até, o quão é mais seguro
nos adestrarmos, nos policiarmos, a fim de não destroçar
as nossas vidas e a das pessoas
que nos cercam.

As perdas nunca são unilaterais,
sempre tem mais alguém que perde
conosco.

(...) Já perdi muito na minha vida,
inclusive pai e mãe (perdas irreparáveis) e que deixam
marcas indeléveis para toda a nossa vida.

Mas ainda aprendo,
aos trancos e barrancos a domar este bicho papão
chamado ID, ou pelo menos, tentar!...

Nenhum comentário:

Postar um comentário