Facebook

contador gratuito de visitas

28 de fevereiro de 2019

MARÇO MULHER - VI


MARÇO MULHER - V


MARÇO MULHER - IV


MARÇO MULHER - III


MARÇO MULHER - II


MARÇO MULHER - I


SÓ PRA CONSTAR


É um engano
pensar que não observamos as
coisas ao nosso redor,

(...) e quando
ficamos indiferentes, magoadas,
silenciosas, [aparentemente],
ninguém entende;

Mas é porque,
em algum momento, decidimos e
prometemos não fazer de um
giro um jiral!...

Isso não quer
dizer, necessariamente, que somos
insensíveis ou cegos...

[só pra
constar!].

O TEMPO E AS LÁGRIMAS DE UMA SUBLIME FLOR


O TEMPO.>.. se encarrega de levar toda mágoa e tristeza
E AS LÁGRIMAS.>.. servem para lavar a alma da gente
DE UMA SUBLIME FLOR... tu tens o mais puro amor
NÃO DEVEM CAIR AO CHÃO.___... os nossos sonhos
DEVEM.___ ....as lágrimas) amenizar a angústia e a dor
ILUMINAR.... o mundo e dissipar a escuridão das almas
O MUNDO.........( e a vida) estão aí pra vivermos o amor!

EU LI, ALHURES


Eu li, alhures,
que somos dóceis, pacientes,
amáveis e educados com as pessoas de fora
e até mesmo com estranhos,

(...) no entanto,
como os nossos afetos, com aquelas
pessoas mais chegadas, as que constantemente
nos ajudam e até mesmo nos toleram,
nem sempre somos tão gentis;

Não que seja
errado tratar os de fora ou até mesmo os estranhos
com cordialidade, absolutamente,

(...) mas
porque mesmo temos a tendência de destratar,
sem cerimônia, aqueles que mais nos amam
e nos compreendem?

_____ Há de se pensar;
_____ Há se se ponderar;
_____ Há de se conscientizar.

Não nos esqueçamos:

''É preciso amar [todas] as pessoas como
se não houvesse amanhã''.

OLHAR IMPECÁVEL


Desde criança
minha mãe dizia: ''és tu uma menina
observadora e inteligente''.

Além do senso
de observação que é muito aguçado,
tenho um olhar clínico
para leitura,

(...) quiçá devido
ao excesso de livros que já li em toda
minha vida;

Nada
passa despercebido ao meu redor, quer
na leitura de livros, quer na leitura dos fatos
da vida real...

UM SONHO INACABADO


Pôxa, é deveras muito ruim
Um sonho inacabado, sem fim
Inda mais com enredo de amor
Ora noite, faça-me um favor
Deixe-me com meu sonho encantado
Fazer amor com o meu namorado
Que tens, ó noite, com essa situação?
Dispenso, zangada, tua intromissão
Penso que ser feliz é meu direito
Dá licença, tenha-me algum respeito

Ao amor brindarei: Tim! Tim!

UM SONHO SURREAL


Alguns
sonhos são realmente
___ especiais,

(...) tipo
aqueles que deixam rastros e efeitos
______ colaterais...

Um sonho
nítido, que dá um prazer
________ tão sreal,
que jamais irás esquecer...

(...) é deste
que eu sinceramente falo: um
____ sonho ''surreal''...

POR QUE SOMOS RIDÍCULAS?


Às vezes
nos sentimos assim,
_______ fragilizadas,
inacabadas, desatinadas mas,

(...) vai por mim,
são apenas momentos ruins,
_______ [não fora assim],
injusto seria viver
em contante e cansativa
agonia;

Por que somos ridículas?
- porque amamos demasiado,
[um amor falsificado?], não,
_______ amamos com nossas
entranhas

(...) e,
além de ridículas, nos sentimos
estranhas, à procura de um ninho
que acolha e esconda
as nossas manias
_______ e perturbadas
poesias!...

25 de fevereiro de 2019

NA CONTRAMÃO


ELE É ASSIM


ALMA MINHA


TU SABES AMAR - II [Thor Meknent]


À ESPERA DE UMA MANHÃ DE SOL [Thor Menkent]


RISCO CONSTANTE [Thor Menkent]


O AMOR QUANDO TOCA A ALMA [Thor Menkent]


QUANDO O AMOR SE MOSTRA INFERIOR À ID [Thor Menkent]


THE DESERT FLOWER: 7000 TEXTS [Thor Menkent]


PARA AMAR NÃO É PRECISO ESPERAR NADA, POIS AMAR É UMA URGÊNCIA [Thor Menkent]


ESCOLHAS INALIENÁVEIS [Thor Menkent]


A PONTE ESTÁ BALANÇANDO DE NOVO [Thor Menkent]


VOU ME FINCAR O DESERTO! [Thor Menkent]


AMOR INCONDICIONAL [Thor Menkent]


PENSEI QUE NÃO MAIS TERIA DE LIDAR COM ISSO [Thor Menkent]


QUANDO FALHA O CONTROLE [Thor Menkent]


EXISTENCIALISMO FALHO [Thor Menkent]


FERNANDO PESSOA ESTAVA CERTO [Thor Menkent]


FLOR [Thor Menkent]


23 de fevereiro de 2019

CHORO EM PÉTALAS


O AQUI E O AGORA


AMANHEÇO-ME


SONHO BONITO


SILENTE, CONTIGO ELA IRÁ CHORAR


RASTROS DE MAL ENTENDIDOS


PALAVRAS SÃO COMO PÁSSAROS


UM OMBRO AMIGO


MUITA CALMA NESSA HORA


QUEM NÃO AJUNTA, ESPALHA


22 de fevereiro de 2019

UM POUCO DE MIM - VI [A Mulher, A Mãe, A Avó]



Mulher
Mãe
Avó
__ Todas numa só!

Delicadeza
Sutileza
Magia
__ Verso da poesia!

Carinho
Cuidados
Atenção
__ Vem do coração!

Conciliação
Desvelo
Ternura
__ Tem alma pura!

Justiça
Maternidade
Flor
__ Sublime amor!

Canção
Emoção
Bem-me-quer
__ Assim é a mulher!

UM POUCO DE MIM - V [Quem Sou?]


Sou como o sol que brilha,
a cada novo amanhecer,
seguindo a minha trilha,
 eu fiz por merecer?

Sou como a lua: tão bela!
que a todos fascina,
sou uma linda aquarela,
com meu jeito de menina.

Sou o mar que acalma,
com suas ondas formosas,
 o toque suave na alma,
sou o perfume das rosas.

Sou alento, sou carinho,
sou a paz e a ternura,
meu coração é um ninho,
minha alma doce e pura.

UM POUCO DE MIM - IV [Companheira, Amiga E Amante]



C.ompreendo, é simples assim
O.meu lugar é perto de ti
M.as preciso perguntar, enfim
P.osso voar com o colibri?
A.mar-te-ei por toda minha vida
N.um tempo que se chama agora
H.oje, sempre e a qualquer hora
E.ncontrarás em mim uma amiga
I.maginas o quanto te gosto?
R.egistro: há bem mais de dois anos
A.mor sincero, sabes disso, aposto!

A.conteceu num mês de setembro
M.as ainda hoje eu me lembro
I.maginei-te além do que escrevias
G.aranto, não errei, até este dia
A.ssim és um amigo da Xerez!

Ei, obrigada por tudo, outra vez...

A.mado! Amante! vem comigo
M.e dá tua mão, meu namorado
A.mado, amante, sou tua, querido
N.os doces momentos de hamonia
T.ecerei nosso amor na poesia
E.stamos, os dois, enamorados!

UM POUCO DE MIM - III [ A Poetisa]


Comecei a compor tímidos
versinhos por volta do ano 2000.
Escrevia aqui , ali, acolá  e tudo
manuscrito, num caderno.


Um dia de setembro de 2008,
entrei no Recanto das Letras;

Empolguei-me e pensei: _ isto é bom!
e estou por aqui, com minhas poesias...

Rabisco meus versos inspirada
nas coisas mais simples:

... uma conversa
... lembranças do passado
... as experiências do dia-a-dia
... histórias do cotidiano
... uma canção

Tudo é motivo para que eu escreva
e escrevo com alma, com amor.
Não sei nada de métricas ou regras,
mas minha imaginação corre solta,
e a minha alma agradecida, sorrir!...

A poesia fez parte das minhas
leituras, desde a mais tenra idade.
Ler poesia faz bem a minha alma,
acalma, me dá contentamento
e, ser ''poetisa'' me faz feliz!...

UM POUCO DE MIM - II [Flor do Deserto]


Eis que
cognominaram-me ''Flor do Deserto'',
e eu, mais que depressa e
honrada,

(...) não só aceitei
esta prenda graciosa, mas agreguei,
neste perfil, ao meu nome
de batismo...

E, dentre
meus livros, um é intitulado
''A FLOR DO DESERTO'', em homenagem
e agradecimento ao poeta que assim
me destacou,

(...) portanto,
sou Flor!

UM POUCO DE MIM - I [Sinto-me Camaleoa]


Às vezes
penso-me tal qual uma camaleoa,
devido à capacidade

(...) que tenho
de adaptar-me às circunstâncias,
às situações mais adversas...

Também
sinto-me resiliente,
pois ao passar por uma situação difícil,
consigo fazer o que fazia antes
sem perder o foco...

Às vezes
cansamos de ser fortes e sentimos vontade de jogar,
[num canto qualquer], nossa roupa de
super-heróis, procurar um colo
e sermos apenas simples
mortais...

ÂNCORA DO MEU CORAÇÃO


Âncora no meu coração:
ele é ninho
____ tem amor,
____ tem paixão
____ tem afeto,
____ tem carinho;

Âncora no meu coração
ele é porto seguro
____ é calmaria
____ é segurança
____ é harmonia
____ é criança;

Âncora no meu coração
ele é poesia
____ tem magia
____ tem versos
____ tem canção
____ tem alegria.

ASSIM É O AMOR, TRANSCENDENTE


... Mas o amor,
ele é paciente, ele cuida, ele
é benevolente e sempre
compreende...

Sendo verdadeiro,
o amor, ainda que na feitura
humana, sabe perdoar,
sinceramente...

Tudo que o amor quer,
[verdadeiramente], é o bem
da pessoa amada,

(...) e ter
a oportunidade de permanecr junto,
ainda que silente...

Pois
assim é o amor,
_____ transcendente!...