Facebook

contador gratuito de visitas

31 de outubro de 2017

QUERIA VOAR NAS ASAS DO TEMPO


... Queria voar nas asas do tempo
e encontrar (a contento),
algo para além de tudo
__ aquilo que já perdi!...

E quando o coração, de ciúmes
ficar em brasas, (em lumes),
que eu encontre um linimento
__ para tudo que padeci!...

Que um dia a ternura no olhar,
a certeza que tive em te amar
__ sejam lembranças e tragam
contentamento de tudo que vivi!...

Pois sei que és o meu amor
__ primeiro,
__ único
__ e verdadeiro
e outro igual
jamais conheci!...

ÉS TU O MEU VIVER


... Não é preciso nem dizer,
mas que apenas venha
a perceber, meu amor,
além de ser a tua Flor*,
és tu o meu viver!...

E foi naquela primavera
em 2016, no dia 16,
do mês de setembro, ah!
bem lembro, que te
aceitei e o quanto te amei!...

Um ano passou e mais
que isso, fez em mim
um reboliço, mexendo com
tudo em mim:
__ minha alma,
__ meu coração
__ e a expressão do meu ser
e o que mais eu posso dizer?

__ Que és meu amor e
meu bem-querer!...

O VÍCIO DA POESIA (Abraço Poético - IX)


O vício da poesia
Ora, me dá grande alegria

Algo que me contagia
Na tristeza ou na alegria
Traz prazer no dia-a-dia

A pena como companhia
Deslisa suave e irradia
Cada verso com sabedoria
Na beleza que ela cria

O vício da poesia
Ora, me dá grande alegria!

DESDE CEDO SEMPRE GOSTEI DE POESIA (Abraço Poético - VIII)


Desde cedo eu gosto de poesia
Os melhores poetas eu sempre lia

De ficções até mesmo filosofia
Para meu conhecimento e melhoria
Com um livro na mão no dia-a-dia

E ler me dava prazer e grande alegria
Se via um história triste, eu sofria
Vinha-me tristeza, pranto e sangria
Então soluçava de tanta melancolia

Quando em versos um amor se desfazia
Em solidariedade meu coração gemia
E chorava com toda aquela agonia
Minha alma compadecida e sombria
O coração, de tanta dor, se ressentia

Desde cedo eu gosto de poesia
Os melhores poetas eu sempre lia!

É PRECISO SABER VIVER


... E quando menos se espera,
a dúvida se instala
___ e impera,
disfarçadamente,
no coração da gente...

Mas como somos humanos,
nada tem de anormal
___ e nem insano,
sendo simplesmente tudo:
demasiadamente humano...

Também é preciso decididamente
e mais que isso, aceitar,
(sem nem mesmo contestar),
___ e compreender
o que é inerente ao ser..

___ ''ser ou não ser,
eis a questão'', mas eu digo,
ao pouco conpreender,
(com toda convicção):
''é preciso saber viver!''

SEMPRE TEMOS OPORTUNIDADES


... Sempre temos oportunidades
de fazer diferente e,
ainda quando o coração está doente,
sinceramente,
é tempo de perdoar!...

Sempre temos oportunidades
de fazer diferente e,
ainda quando a alma se ressente,
decididamente,
é tempo de confortar!

Sempre temos oportunidades
de fazer diferente e,
ainda que tudo seja resistente,
ousadamente,
é tempo de sonhar!...

NESTE SÁBADO ENSOLARADO (Abraço Poético - VII)


Neste sábado ensolarado
Tenho algo a declarar

Meu coração apaixonado
Começou a acelerar
A cada momento vivenciado

Tu, deliciosamente a me tocar
Com o teu jeito delicado
Me faz feliz por me amar
Que sentimento tão dedicado

A noite não queria terminar
Protegendo este amor imaculado
Foi nossa cúmplice a observar
Cada ato de um amor purificado
E para sempre hei de te amar

Neste sábado ensolarado
Tenho algo a declarar!

MINHA ALMA TEM UM AROMA FLORAL (Abraço Poético - VI)


Se para entender a mulher precisa-se de manual
O homem deveria ser bem mais esperto

E talvez conseguisse no final
Uma mulher poderosa por perto
Com olhar de tigresa e jeito fatal

Mas apenas presumir não está certo
Inferir não é de bom tom, afinal
Pode ter um final bastante incerto
E finalmente pode se dá mal

Ora pois, nada fica sempre incoberto
Tudo vem à tona de modo providencial
Por este motivo o pensamento liberto
Minha alma tem um aroma floral
Sou simplesmente a Flor do Deserto

Se para entender a mulher precisa-se de manual
O homem deveria ser bem mais esperto!

FOI UMA NOITE DE EMOÇÃO (Abraço Poético - V)


Foi uma noite de emoção
Com muito prazer e alegria

Bateu forte o meu coração
Preciso expor com sabedoria
Tenho sempre inspiração

Para compor minha poesia
Por favor prestem atenção
O que digo é de grande valia
O amor junto com a paixão

É puro encantamento e magia
Fiquemos sempre de prontidão
Se tudo acontecer à revelia
Preciso esclarecer de antemão
Ao alvorecer deste dia:

Foi uma noite de emoção
Com muito prazer e alegria!

MEU AMOR, VENHA ME ABRAÇAR (Abraço Poético - IV)

 

Meu amor, venha me abraçar
Dê-me um beijo apaixonado

Quero contigo sempre ficar
Tê-lo pertinho, ao meu lado
Pois sempre hei de te amar

Meu coração é devotado
E se um dia eu te encontrar
O mundo ficará encantado
Os meus sonhos irás realizar

O tempo não será desprezado
Nós precisamos nos concentrar
Temos um encontro marcado
Com a felicidade a nos esperar
E o nosso amor é abençoado

Meu amor, venha me abraçar
Dê-me um beijo apaixonado!

POR QUE É DIFÍCIL FALAR DO SAPIENS?


Por que
é difícil falar do sapiens!?
__ Ora! Ora!

Porque,
de certa forma dolorosa e
__ solitária é a vida,

(...) embora muitas vezes
teimamos em não nos conscientizarmos disso,
__ para evitar maiores sofrimentos!

O AMOR É UM SUBLIME SENTIMENTO (Abraço Poético - III)


O amor um sublime sentimento
Pois Deus é simplesmente amor

Não é motivo para padecimento
Nem para tristeza, ciúmes e dor
Tem magia e doce encantamento

A delicadeza e o perfume da flor
Não apresente nenhum argumento
Veja ele é belo e de suave frescor
Curta com ternura todo momento

De essência divina, o resplendor
Na vida é sagrado e puro advento
Ore, agradeça e cante louvor
Seja para Deus um instrumento
Revelando a Palavra do Senhor

O amor é um sublime sentimento
Pois Deus é simplesmente amor.

TENHO POR TI UM GRANDE AMOR (Abraço Poético - II)


Tenho por ti um grande amor
Daqueles para uma vida inteira

Não é à-toa que sou a tua flor
E do teu deserto, a derradeira
Com seu perfume e seu frescor

Sou tua amiga e companheira
Para mim tens um grande valor
E te ajudo tomando a dianteira
Aplacando a mágoa e toda dor

Teu beijo me dá uma doideira
Peço que me abrace por favor
Contigo fico de qualquer maneira
Vem, vamos poesias compor
Pois sou uma poetisa faceira

Tenho por ti um grande amor
Daqueles para uma vida inteira.

NUMA PRIMAVERA COMECEI A TE AMAR (Abraço Poético - I)


Numa primavera comecei a te amar
E até hoje sou muito feliz contigo

O que mais de ti posso esperar
Se és meu mais doce e terno amigo?
Quero toda a minha vida contigo ficar

Vem depressa e me beija querido
Vamos juntos nossa música dançar
Não deixemos que o tempo seja perdido
Quero contigo a noite inteira namorar

Que este tempo junto não seja esquecido
E que tenhamos belos momentos a lembrar
Este nosso amor sempre fiel e comprometido
Traga-nos a felicidade que vivemos a sonhar
Para cada amanhecer seja sempre divertido

Numa primavera comecei a te amar
E até hoje sou muitofeliz contigo!

A PAZ QUE EXCEDE TODO O ENTENDIMENTO


... E sempre nos magoam
e sempre magoamos,
embora de forma
inconsciente, porque
não acredito que alguém
possa assim proceder
deliberadamente...

Mas ainda assim, as marcas
ficam e se não bem
trabalhadas, geram feridas
indeléveis e que, de uma
forma ou de outra
maltratam a alma da gente...

Exorcizar as mágoas,
perdoar e se sentir perdoado
é de grande valia, para que
não virem ''bola de neve'',
fazendo que com cheguem
ao ponto de se tornarem
irreversíveis...

Sempre que achar que
magoou alguém (e quando
achamos é porque de fato
magoamos), seja humilde
e procure sanar a questão,
com reconhecimento do erro
e pedido de perdão.

Perdoe, se perdoe, peça
perdão e Deus, na sua
infinita bondade, perdoará
a todos e instalará nos
corações a paz que excede
todo o entendimento...

27 de outubro de 2017

Ó TU QUE VIVES DESTERRADO AO DESERTO!


MERGULHAR NAS PROFUNDEZAS DO SER


A SOLIDÃO COMO COMPANHIA


ELOQUENTES DELIRIOS DE UMA AMIZADE


A SOLIDÃO COMO COMPANHEIRA


DESTE AMOR, O QUE GUARDADEI?


SER RACIONAL É MAIS INTELIGENTE


VIGIAR E ORAR


VERSOS DA POESIA


INOCÊNCIA PERDIDA


FERE-ME COM O TEU DESPREZO


O SONO ETERNO


ÚLTIMOS SUSPIROS DE VIDA


Numa noite qualquer, de uma
data qualquer, em algum lugar qualquer,
__ eu perambulava, assim...

(...) como a perscrutar
qualquer coisa entres as sombras...
__ prossegui...

tudo ao redor era denso e frio
minha alma deu um salto quando vi algo
__ no chão coberto de neve...

arrepiei ao perceber:
era um coração humano que ainda pulsava,
__ em últimos suspiros de vida...

não tive coragem
de chegar mais perto, pois, de repente,
__ alguém se aproximou,

(...) chorando e gemendo dizia:
- quero meu coração de volta, por favor!
__ que triste, pensei!

aquela linda
e delicada mulher havia tido o seu coração
__ roubado - impiedosamente,

(...) e, após o sacrilégio,
desfizeram-se daquele singelo e puro coração,
__ chorei,

silentemente eu chorei
ao ver tão pungente cena sem poder ajudar
em nada____ chorei...

antes de sair olhei
aquela jovem mulher e, sem palavras,
passei-lhe a certeza de que, aonde ela fosse,
seu coração iria junto ___ sorriu-me!

e meu coração ficou
congelado, (e em frangalho) como se também
__ tivesse sido roubado...

26 de outubro de 2017

ROSILENE LIMA


HELENA LUNA


NUANCES


PALAVRAS


MAS...


AGRADECIMENTOS


MIGUEL JACÓ


VANTUILO GONÇALVES, FELIZ NIVER!


ROSA AMBIANCE, OBRIGADA!


JOIA RARA


EM DESALINHO


CHUVA DE VERÃO


PETER PAN


Pega a tua vareta
Princesa de conto de fada
Põe as asas de borboleta
Procura a floresta encantada

Pronto, encontrou o caminho
Pesquisa sobre os teus amigos
Peter Pan e também a Sininho
Peça-lhe logo um bom abrigo

Para o jantar de recepção
Panquecas vão ser servidas
Ponches de caju e melão
Precisa-se de margaridas

Para enfeitar na mesa
Pôxa!! deliciosa refeição
Pedido como sobremesa
Pudim e musse de limão

Por-do-sol está fugindo
Profunda é a escuridão
Pontilhado o céu infindo
Pontua com exatidão

Prometendo manto estrelado
Pirilampos na sua destreza
Presenteiam os convidados
Peter Pan, Sininho e a Princesa


Pó de pirlim-pim-pim vou jogar
Protegendo menino e menina
Por favor, podem me ajudar
Produzindo também PoeRima?

VALENTE CAPITÃO GANCHO


Vamos lá meu amigo Cyro Mascarenhas
Vou homenagear o tal Capitão Gancho
Vixe!! tu mesmo não me desdenhas
Você disse:  Xerez fez, não desmancho

Venal é aquele capitão
Vive perseguindo o Peter Pan
Valor a ele eu não dou não
Valoroso é o delegado Cristian

Voz de prisão deu para o meliante
Vai ver o sol nascer quadrado
Veneno ele destila a todo instante
Valente Capitão Gancho está enjaulado.

BAÚ ENCANTADO


Boto fé em PoeRima
Bastante poetas ajudando
Belos meninos e meninas
Bingo!!! estou comemorando

Baita alegria estou sentindo
Barulho faremos todos de uma vez
Bater a meta é o nosso destino
Brindaremos com o vinho Xerez

Borboletas voam neste lugar
Balé de pirilampos alvoroçado
Bálsamo para o nosso olhar
Baú de PoeRima é encantado

Batendo a meta quase estamos
Basta um pouquinho esperar
Bem que eu estou gostando
Beijo espalho neste lugar.

FATIMA GALDINO


ZANZIBAR



XEREZ


VIOLETAS


ULULANTE


SÃO PAULO


RECANTO DAS LETRAS