Facebook

contador gratuito de visitas

23 de maio de 2018

DEIXEM-ME EM PAZ - I


Preciso deste momento
de introspecção, sozinha com minhas poesias,
poucas alegrias e envolta em solidão...!

Algo tão meu,
sem que eu tenha vontade de dividir com
quem quer que seja, só tenho
vontade de sumir...!

Meus versos são tristes,
meus caminhos indecisos, perambulo num deserto,
não quero ninguém perto,

(...) deixem-me
em paz com a minha agonia, minha angústia e
minha poesia...!

Nenhum comentário:

Postar um comentário