Facebook

contador gratuito de visitas

12 de agosto de 2017

O ABISMO DOS TEUS VERSOS


Quero penetrar o abismo dos teus versos,
desbravar os teus inúmeros universos,
cutucar as reentrâncias dos teus pensamentos.

Auscultar as batidas do teu coração,
chegar aos meandros das tuas emoções,
e atingir o âmago do teu ser.

Trazer à tona o verso virgem, sem macular a tua essência,
me encantar e ter vertigem, no belo que tens a oferecer,
e como bálsamo que enebria, aspergir a tua poesia
tudo para o meu bel-prazer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário