Facebook

contador gratuito de visitas

22 de julho de 2017

A CHUVA MOLHA MEU ROSTO - II



A chuva molha meu rosto
rosto coberto de lágrimas
lágrimas que magoam
magoam a minha alma

Alma que está triste
triste e sem esperança
esperança se foi
foi para onde? não sei

Sei que meu coração sofre
sofre com esta dor
dor que me sufoca
sufoca e me causa angústia

Angústia que maltrata
maltrata todo o meu ser
ser feliz, eu quero
quero meu amor perto

Perto de ti quero ficar
ficar ao alcance do teu olhar
olhar que me enternece
enternece ao mirar o meu rosto.




Ecosys é criação de Simplesmente Sys - Teoria Literária

Nenhum comentário:

Postar um comentário